Pesquisa

Pesquisa personalizada

BeRuby

BeRuby
Aqui o Irritado já experimentou e comprovou! Ganhem dinheiro apenas navegando na internet!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Irrita-me Profundamente...Ajuda de Berço

   Irrita-me profundamente a Ajuda de Berço. Devem estar a pensar, este passou-se...sim realmente passou-me com as coisas que acontecem na sociedade, e quando vejo o que se passou e se passa com a Ajuda de Berço, ainda fico mais irritado! O tema da campanha de marketing é "Vamos salvar a Ajuda de Berço". Com esta temática, não foi difícil conseguir apoios de todas e quaisquer empresas, anónimos e vipalhada. Vocês até podem dizer, "ah isso é inveja de não ajudar da mesma forma a instituição em que trabalhas". Inveja? Não, não é inveja. Acho muito bem que se ajude a Ajuda de Berço, mas quando uma instituição como a Ajuda de Berço vai para a televisão dizer que não tem dinheiro e que vai ter de fechar um dos lares, então porque é que rejeita as ofertas em bens que a "minha" instituição lhe fez? Sim, nós costumamos receber aqui papas para bebés, arroz, detergentes, etc. em quantidades grandes e costumamos distribuir por outras instituições, e a Ajuda de Berço é a única que nunca aceita este tipo de bens. Inclusive vão para a televisão dizer que não têm detergentes para lavar as roupas dos bebés, quando rejeitaram 5 paletes com 350kg cada de detergentes que nós tínhamos para lhes oferecer. Tal como rejeitaram caixas de papas das Nestlé que nós lhe tínhamos para lhe oferecer. Entre outras coisas. Como é óbvio, deixámos de ligar para a Ajuda de Berço a oferecer o que temos em excedente, visto que eles só precisam de dinheiro.
Mas há algo que ainda me deixa mais incrédulo. Estão em risco de fechar um dos lares, não têm dinheiro para detergentes e papas, mas depois anunciam na televisão que vão abrir um terceiro lar para crianças. Sou eu que estou de má fé ou há aqui alguma coisa que não bate certo??

Em tempo de guerra, todo o buraco é trincheira, por isso até posso admitir que foi uma boa jogada para cheque mate por parte da Ajuda de Berço. Parabéns.

Cumps.

Irrita-me Profundamente....Voluntariado e as Doações Solidárias.


   Irrita-me profundamente o Voluntariado e as Doações Solidárias. Melhor, irrita-me profundamente as pessoas que querem fazer voluntariado mas não sabem o que é o voluntariado. Pensam que o voluntariado é algo que está na moda, tal como uma peça de roupa ou calçado. Querem fazer voluntariado com a mesma leviandade com que compram um par de meias. Eu trabalho numa instituição de solidariedade social, o que me dá uma visão do voluntariado muito de dentro das necessidades reais, isto é, quando as pessoas começam com o discurso de, "ah eu queria fazer voluntariado porque gostava muito de brincar e tomar conta de criancinhas." ou então "o meu filho/a está de férias e eu (mãe ou pai) gostava que ele/a fizessem voluntariado" ou então "estou com uma depressão e gostava de fazer voluntariado para me sentir útil e não estar tão sozinha/o", entre outras míticas frases. Fico logo com umas ânsias quando ouço estas frases!!
   Primeiro, a palavra "criancinhas", para mim, é completamente prejurativa quando aplicada neste contexto de instituições de solidariedade social. É o  mesmo que chamar coitadinho a alguém...detesto essas apelidações;
   Segundo, usarem instituições de solidariedade social como ATL para os vossos filhos, não é uma opção viável, porque para nos dar trabalho já nos chega as crianças que acolhemos e que merecem toda a nossa atenção;
   Terceiro, se tem depressão, vá ao psicólogo ou ao psiquiatra, mas não faça voluntariado antes de se tratar, pois as nossas crianças ainda não são formadas em psicologia ou psiquiatria e não têm de levar com o vosso lado emocional alterado.
   Façam voluntariado, mas façam-no conscientes de que é isso que realmente querem fazer e vão com o espírito de que vai ser mais dar do que receber, senão deixem-se estar em casa a ver as tardes da Júlia.

   As pessoas gostam muito de doar roupas, livros, DVD's, etc. que já não usam ou que não precisam. Acho que fazem bem. O que já não nos é útil, pode muito bem vir a ser útil a alguém mais desfavorecido. Mas o busílis da questão não está na doação, mas sim o estado em que as coisas estão quando são doadas.
Então é assim:
   Primeiro, porque é que as pessoas quando mandam roupa para instituições ou para associações que trabalham com famílias directamente, mandam roupa rota, suja e descontextualizada (mandam roupa de adultos para instituições de crianças)?
   Segundo, coisas partidas, estragadas ou avariadas servem para quê? As instituições não são reservatórios de lixo e lá por necessitarmos de coisas gratuitamente não quer dizer que sejamos um depósito de inutilidades de pessoas que não têm o pingo de consciência do que é doar bens.
   Terceiro, chega a uma certa altura que deixamos de ter capacidade para aceitar brinquedos, roupas, etc., mas isto é uma grande ofensa para as pessoas querem doar os artigos estão a mais em casa deles. Sentem-se muito ofendidas se uma instituição diz que não recebe ou não consegue receber. Porque não perguntam antes o que nós precisamos? Em vez de quererem despachar aquilo que já não precisam.
   Quarto, por último temos a vipalhada que gosta muito de fazer caridadesinha, parecem eles que são as Madres Teresas de Calutá do voluntariado e das doações solidárias! Alguém já viu um VIP dar uma coisa diferente em vez da cara dele? Algo realmente útil em vez de um sorriso cheio de botox? Nunca vi...e quando dão, vão ao fundo do baú buscar as coisas que têm lá para casa...

Moral da estória....façam voluntariado e façam doações solidárias, mas antes perguntem o que a instituição precisa e não aquilo que vocês precisam despachar.

Cumps.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Irrita-me Profundamente...O Jornal "Correio da Manhã"

   
   Irrita-me profundamente o jornal Correio da Manhã (CM). Dos vários jornais pagos, porque dos gratuitos recuso-me a falar até porque não há nada para falar, o CM é o jornal que mais me irrita. Acho até que deviam mudar o nome do jornal para "Homicídios, Assassinatos e demais coisas horrendas da Sociedade". Sim eu sei que vocês vão dizer, "Epá mas isso é um título muito grande para um jornal!", não faz mal assim já era meio caminho andado para aumentarem a tiragem em 500%!! Começando na capa e acabando na última página, o CM dá-nos uma multiplicidade de assassinatos, mortes na estrada, violência doméstica, crimes premeditados e passionais, homicídios voluntários e involuntários, infanticídios, genocídios, matricídio, classificados de prostituição com fotos, vida social dos famosos e para terminar em grande, futebol. Isto resume-se a quatro temáticas muito interessantes e que fazem com que o CM seja o diário mais vendido em Portugal, e são elas: Morte, Sexo, Vida dos Famosos e Futebol.
"Os cinco jornais diários mais lidos em Portugal venderam menos nove mil exemplares por dia em 2007 do que no ano anterior, com quatro deles a diminuir as vendas e apenas o líder "Correio da Manhã" a aumentar." in Público
Será que isto é um espelho da sociedade que temos?

   Mas porque é que isto tem de ser notícia? Anda um pai a criar uma filha, para depois ela aparecer em filmes pornográficos e pior ainda aparecer no jornal de maior tiragem, a dizer que está preparada para fazer sexo anal?? Degradante!

   Isto para não falar no motor de busca que está no site do CM online:



   É isso mesmo, um motor de busca para mortes violentas em Portugal. Nada mais útil para programar umas férias. "Bem, deixa cá ver onde há mais mortes em Portugal para puder riscar da lista essa localidade". Qual é o propósito deste motor de busca? Numa palavra: fogo-burros-do-c@r$lh€-vão-fazer-jornalismo-a-sério.

Isto deixa-me mesmo irritado profundamente!!

Cumps

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Irrita-me Profundamente...Anúncios de Emprego


   Irrita-me profundamente anúncios de emprego. Este País está num tal caos económico que as empresas portuguesas têm de re-inventar o emprego em Portugal. Para não falar nas técnicas de despedimento colectivo, descréscimos salariais, horas extraordinárias não pagas, etc., as empresas portuguesas reformolaram completamente as admissões de novos empregados acrescentado requesitos inatingiveis por muitos dos desempregados portugueses.

1º) Experiência mínima em funções similares de 2, 3 ou 5 anos (Ficam de fora todos os recém-licenciados);

2º) Resitência ao stress (Nova característica que deve-se possuir, mas que não há diploma que comprove);

3º) Que para além das funções a desempenhar ainda deve saber trabalhar nas áreas W, X, Y e Z (Um génio, pelo menos);

4º) Espírito de equipa (Bastante mesurável numa entrevista de grupo, onde podemos ajudar os outros a conseguir o lugar na empresa por nós);

5º) Inglês falado e escrito (Domínio da língua inglesa, é muito importante pois os administradores de empresas portuguesas não falam nem escrevem em Inglês);

6º) Alemão e Francês serão valorizados (Não querem mais nada?);

7º) Disponibilidade imediata (Vulgo, estar de perna aberta, para quando precisarmos de ti, nem que seja daqui a 3 meses)

8º) Ordenado compatível com a experiência demostrada (Se o candidato preencher os requesitos todos, espera-se que seja um bom ordenado, mas no fundo é sempre o menos possível).

   
   Depois de uma pessoa ver estas exigências todas, chega à conclusão que após 17 ou mais anos de estudo não são suficientes para preencher os requesitos para uma vaga numa empresa. Claro que isto desmotiva qualquer um, claro que isto dá vontade de pegar na trouxa e zarpar, claro que pessoas com bastantes capacidades ficam "agarradas" a empregos que não lhes preenchem as medidas, claro que nos sentimos injustiçados quando vemos que a vaga foi preenchida pelo filho do amigo do administrador e claro que criar o próprio emprego também não é fácil num País que dá boas condições de saúde aos ricos e aumenta o preço dos medicamentos para os reformados. Prioridades trocadas. Onde se gastam milhões em construções megalómanas que podiam ficar mais baratas. Num País que importa mais do que exporta e tem tantos terrenos baldios que podiam ser obrigados a serem cultivados afim de começarmos a produzir produtos para consumo próprio e para exportar.
   Ando um pouco revoltado com este País, especialmente com os governantes deste País, que sucessivamente têm vindo a fazer escolhas erradas e aplicações erradas do nosso dinheiro. É uma bola de neve, sem fim à vista.
   Irrita-me profundamente este estado de espírito em que entrei e que nunca pensei que ia entrar.

Exemplo prático:
Perfil da Função:

? Formação académica superior em área relevante para o desempenho da função (Microbiologia, Química, Engenharia Biotecnológica);

? Experiência no desempenho de funções em laboratório agro-alimentar;

? Bons conhecimentos de Informática (Excel, Word e Powerpoint);

? Conhecimento e experiência na implementação da Norma NP EN ISO/IEC 17025;

? Capacidade de gestão, liderança e pro-actividade;

? Capacidade para trabalhar em situações de stress.

Oferta: Possibilidade de integrar uma empresa em fase de crescimento. Remuneração compatível com a experiência demonstrada.
Cumps.


terça-feira, 22 de junho de 2010

Irrita-me Profundamente...Apalpadores de Fruta.


   Irrita-me profundamente apalpadores de fruta. Os apalpadores de fruta são as pessoas que mais me irritam profundamente quando vou ao supermercado às compras. Os apalpadores de frutas pensam que sabem escolher fruta e, para tal, usam as mais diversas técnicas milenares para escolha de fruta.
De entre as várias técnicas de escolher fruta, vou destacar algumas:

Melões e Melancias:
- Pegam na respectiva fruta e apertam-na como se estivessem a tentar esmagar um crânio com as mãos;
- Batem na fruta para testar não sei o quê e como se estivessem a castigar o melão;

Meloas:
- As mesmas técnicas anteriormente descritas para melões e melancias mais a técnica do cheirar. Eu utilizo esta técnica, apesar de achar que é pouco higiénica :) mas resulta... ;) e é menos violenta para a fruta! :)

Maçãs, Pêras, Pêssegos e afins:
- Apertar, cravar unhas (sem dúvida, a mais nojenta), cheirar e pior que isto tudo, depois de executarem estas técnicas, os apalpadores de fruta, não levam a fruta à qual eles aplicaram a técnica, porque fica imprópria para consumo;

Uvas, Morangos e similares:
-Técnica da prova :)

   Sempre pensei que esta habilidade fosse muito tuga, mas em Espanha, já assisti à utilização destas técnicas. Não ficando atrás dos tugas em desempenho!
   Realmente não consigo perceber por que as pessoas fazem questão de apalpar a fruta toda? será que com um simples olhar não conseguem avaliar? Não preciso de tocar na fruta para perceber se está boa ou não, mas se realmente olhando não chego a conclusão alguma, ai então pego na fruta e raramente a devolvo à caixa. A menos que esteja realmente podre.
   Já me aconteceu pegar numa fruta que estava cheia de marcas de unhas. Claro que os porcos que fizeram aquilo, não a iam levar no final...pois já lhe tinham cravado as unhas.
   A fruta que se costuma comprar em supermercados já não é das melhores...mexida e amassada por alguém, pior ainda fica!
 Conselho aos apalpadores de fruta,
Apalpem aquilo que realmente merece ser apalpado!


 Cumps.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Irrita-me Profundamente...Primeiros-Ministros e Respectivos Governos

   Irrita-me Profundamente todos os Primeiros-Ministros e respectivos Governos que já passaram por Portugal. Como é que um País tão pequeno, pode ter Primeiros-Ministros e respectivos Governos com egos tão megalómanos? Não consigo perceber! Eles é pontes, eles é estádios, eles é tudo o que se possa ser visto aqui e além fronteiras! Existem vários exemplos da estupidez de sucessivos governos:

   A ponte Vasco da Gama teve de ser a maior ponte da Europa, mas fazer uma ponte destas com travessia ferroviária é que ninguém se lembrou. Seria um meio de desenvolver, quer a margem sul, quer possíveis novas ligações ferroviárias para o Algarve e Alentejo. Mas não....faz-se a maior ponte da Europa sem travessia ferroviária mas com a maior feijoada do mundo que entrou para o Livro do Guinness;
  
Euro 2004. Fomos anfitriões em 2004 e recebemos a Europa inteira em Portugal para assistir. Como megalómanos que somos tivemos de construir e remodelar mais estádios que qualquer outro País Europeu. Foram 10 estádios remodelados/construídos. Alguns dos que foram construídos de raiz para o Euro 2004, estão completamente ao abandono e sendo apenas usados uma vez por outra. Outra coisa que me irrita profundamente é a maneira como são feitos os orçamentos para estas coisas. Por exemplo: O estádio Municipal de Braga, o custo estimado para o projecto inicial, era de 32 milhões e 500 mil euros, mas no final o custo total das obras ultrapassou os 161 milhões de euros. Gastou-se 5x mais do que o previsto. Quem pagou esta derrapagem?

   Sou a favor do TGV. Parece contraditório, mas sou. Sou a favor do TGV Lisboa - Madrid. Penso que faz sentido esta ligação, mas acho ridículo e completamente estúpido Lisboa - Porto e Lisboa - Faro. Temos um País tão pequeno porque queremos um TGV a ligar cidades dentro de Portugal? Podiam, sim, era melhorar a rede ferroviária existente em Portugal para o Alfa Pendular e Intercidades poderem andar à-vontade sem interrupções. Podiam fazer o estudo para implementar travessia ferroviária na ponte Vasco da Gama, isso também era algo realmente podia ser investido dinheiro;

   Sou contra o novo aeroporto. É o dinheiro mais mal gasto de sempre....era preferível ampliar o já existente! Gastava-se menos dinheiro.

   Este novo esforço que o Governo nos está a pedir, isto é, ganhar menos e pagar mais, vai ser um esforço muito duro para muitas famílias. É algo que podia ter sido evitado se tivesse sido antecipado.

Certos IVAs podiam ter sido reajustados e assim melhorar as receitas do Estado.
Certas despesas podia ser evitadas.
Certas empresas estatais podiam ser privatizadas, desresponsabilizando o Estado de certas despesas.
Certos ordenados de empregados, gestores e governantes estatais podiam ser reduzidos.

Mas enfim...como Português que sou, tenho de contribuir para o meu País para não chegarmos ao estado da Grécia e como Ribatejano que sou, costuma-se dizer na minha terra:

Tem-se de pegar o toiro pelos cornos!


Cumps.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Irrita-me Profundamente...Os Presidiários


   Irrita-me Profundamente os presidiários. Estar preso em Portugal, actualmente, é melhor que andar a trabalhar e a deambular pelo País em liberdade. Os presos têm tantas regalias que muitos deles fazem merda nos últimos dias antes de saírem em liberdade só para que a pena se prolongue e possam ficar mais tempo a comer e a beber à conta daqueles que estão em liberdade e que trabalham para pagar as contas do dia-a-dia e os impostos.
   Têm direito a visita conjugal (vulgo hora da foda), têm direito a Sportv por 3€, têm comida à borla, não lavam a própria roupa e lençóis, podem fumar, recebem comida das visitas, entre muitas outras coisas.
   Se há coisa que me irrita profundamente é quando vou no trânsito e começo a ouvir umas sirenes e os carros começam todos a desviarem-se para deixar passar, fazendo eu o mesmo porque penso que é uma ambulância ou carro do INEM e depois vejo que é uma carrinha de transporte de presos. Fico revoltadíssimo. Eu que não fiz crime algum, tenho de aguentar no trânsito, mas os Srs. Drs. que cometeram um crime qualquer têm prioridade no trânsito! Que vergonha!
   Como se não bastassem estas mordomias todas, ainda lançam para o panorama televisivo uma série sobre presidiários,  Prison Break. Esta série, para mim, está bastante mal feita. Primeiro: o teu irmão é preso e tu vais fazer merda para seres preso também para o puderes ajudar a fugir da prisão? Não me parece...ele que não tivesse feito merda! Segundo: quem é que no seu pleno juízo quer realmente fugir da prisão depois de todas as mordomias que eu já apresentei anteriormente? Só mesmo um grupo de norte americanos burros quem nem portas, passo o pleonasmo. Terceiro: Apesar de todos os erros que a série apresentou, apesar de todas as coisas que eles fizeram que fora dali não resultavam nem para fugir de um berço, como é que eles conseguiram encher chouriço e já estarem na 5ª série? Não sei, mas devem ter muitos argumentistas a trabalhar nisso!
   Realmente, o Scofield fez algo que aconselho todos a fazer, façam merda para puderes serem presos e puderem usufruir de todas as regalias que as nossas belas prisões têm para oferecer.
   Para quem conseguir tal proeza, apenas tenho duas recomendações:

  NÃO APANHEM SABONETES NO DUCHE!
NÃO VALE A PENA FUGIR, CÁ FORA É UM INFERNO!

 Cumps.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Irrita-me Profundamente...O Cancro

   Irrita-me profundamente o cancro. Se tivesse de escolher uma doença que me irrita profundamente, de certo que escolheria o cancro. Não há ninguém que não conheça alguém que já tenha tido ou tenha actualmente cancro. No meu caso, o meu pai faleceu de cancro e a minha mãe já teve um nos instestinos e já vai no segundo, agora nos pulmões. Tenho uma amiga que também já passou uma vez pela experiencia e que agora está a passar novamente. É, sem dúvida, a doença que mais tem morto actualmente e mais casos novos surgem anualmente. Claro, também há casos de sucesso e de felicidade. Muitas pessoas conseguem enfrentar e vencer o tão temível bicho papão.
   Antigamente as pessoas tinham um medo enorme da SIDA, hoje em dia, é o cancro que mais suscita medos entre a população. Escusado será dizer, que em alguma fase da minha vida, este papão me vai bater à porta, não só pelo meu historial familiar como também pelo estilo de vida que actualmente se leva e que eu penso que influencia bastante a esta doença. Ora são radiações electromagnéticas, tabaco, poluição atmosférica, stress do dia-a-dia, genética, etc. Podíamos arranjar mil e uma desculpas para o aparecimento do cancro, mas é tão aleatório que irrita profundamente por isso mesmo. É mais fácil acertar o euromilhões do que justificar qual o motivo/causa porque determinado cancro apareceu. Mas será que nós conseguimos controlar o aparecimento mudando algumas coisas no nosso estilo de vida? Na minha opinião, penso que sim, mas não quer dizer que não venhamos a padecer de cancro. Simplesmente podemos retardar o seu aparecimento.

Cumps

quinta-feira, 18 de março de 2010

Irrita-me Profundamente...Ligue e Ganhe!

   
   Irrita-me Profundamente a moda do Ligue e Ganhe! Existe em muitos canais de televisão uma grande praga que virou moda...ganhar dinheiro ligando para um número de valor acrescentado.
  "Ligue 760 xxx xxx e ganhe 5000€!!". Com um simples telefonema prometem em troca quantias avolutadas e quanto mais ligar mais hipóteses tem de ganhar! Existem pessoas que são pobres e com a possibilidade de ganhar um dinheiro fácil gastam rios de dinheiro em chamadas ficando ainda mais individados. É tudo muito aliciante e aparentemente fácil. Mas por trás disto estão as operadoras que ganham balúrdios de dinheiro. O preço da chamada são apenas 0,60€ + IVA (IVA = 20% -> custo da chamada de 0,72€). São raros os programas da manhã e programas da tarde (RTP1, SIC e TVI) que não tenham estes aliciantes concursos para ligar e ganhar. No programa do Goucha, há uma senhora que já é conhecida por ganhar muito dinheiro com este tipo de concursos, mas quanto gastará ela realmente? Compensará face ao dinheiro que gasta? Chega a ter vários telemóveis a ligar ao mesmo tempo...
   Enfim, este tipo de chamadas tornam-se viciantes, é como se estivessemos num casino a jogar e dizer: "Para a próxima é que me vai sair o prémio a mim!"
   Não se deixem enganar...não há dinheiro fácil!
   Acima de tudo, irrita-me profundamente que não haja controlo neste tipo de concursos que levam muita gente à falência financeira, iludidos pela promessa de dinheiro sem sair de casa. Enquanto as operadoras enchem o cu com dinheiro daqueles que não ganham nada.

 Cumps. 

segunda-feira, 1 de março de 2010

Irrita-me Profundamente...Pessoas que não mantém uma distância socialmente aceitável

 
   Irrita-me profundamente pessoas que não mantém uma distância socialmente aceitável. O tema de hoje é dedicado a pessoas que não sabem que existem determinadas distâncias que têm de ser mantidas para não se invadir o espaço alheio. Não há nada pior do que estar numa fila do multibanco, de um supermercado ou outra fila do género e ter a pessoa que está atrás de nós, mesmo em cima, ao ponto que se sente a respiração na nuca. Irrita-me mesmo muito! Não nos dão espaço para termos privacidade. Muitas vezes sinto uma vontade enorme de soltar uma daquelas bufas bem fedorentas! Juro que faço um dia! Assim aprendem a não estar em cima dos outros nas filas.
Artista - ensaia antes de se peidar

Assassíno - enforca o peido

Azarado - vai peidar baixinho e peida alto

Cara de pau - peida-se, sente o cheiro, e ainda reclama

Cavalheiro - responsabiliza-se pelo peido da namorada

Cínico - peida-se e ainda ri

Comodista - peida-se sem se mexer

Convencido - peida-se e diz que o seu peido é o mais bonito

Corajoso - avisa que vai peidar

Curioso - peida e fica perguntando quem foi

Desastrado - vai peidar e caga-se

Descarado - peida-se e põe a culpa nos outros

Discreto - peida-se sem fazer barulho

Egoísta - peida-se debaixo dos cobertores para sentir o cheiro sozinho

Fingido - peida e fica sério

Frustrado - peida e não se sente satisfeito

Incendiário - acende um fósforo antes de se peidar

Indignado - peida e não se conforma

Infantil - peida-se na água pra fazer bolhinhas

Ingénuo - peida sem saber

Insensível - caga nas calças e pensa que se peidou

Intelectual - peida e diz que "expeliu gases"

Irresponsável - está com diarreia e arrisca um peido

Judeu - peida de uma só vez para poupar

Liberal - peida-se na frente dos outros

Malvado - peida e põe a culpa nas criancinhas

Medroso - peida-se com medo do barulho

Mentiroso - peida-se e nega tudo

Oportunista - aproveita o peido dos outros para soltar o seu

Orgulhoso - peida-se e confessa que se peidou

Patriota - levanta-se para peidar

Polícia - prende o peido

Político - peida e promete que vai cagar

Precavido - peida aos poucos pra evitar cagar

Romântico - é o suspiro de um cu apaixonado

Sádico - peida dentro do elevador

Sensível - peida-se e tem a sensação que está cagando

Sentimental - peida-se e suspira

Tímido - tem medo de peidar

Tumultuador - peida-se no grupo e sai de fininho

Viciado - peida-se, sente o cheiro e fica tolo 

Cumps

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Irrita-me Profundamente...A Raça Humana

  

   Irrita-me Profundamente a raça Humana. Fui ver o filme "Avatar" e o filme está excelente. A estória do filme é um pouco repetida, mas aplicada ao filme em questão, é como se fosse a primeira vez que se aborda o tema. E que tem o filme Avatar a ver com o facto da raça Humana me irritar profundamente? Pois, tem muito, porque apesar de toda aquela fantasia e daqueles mundos imaginários, a raça Humana comportou-se, comporta-se e comportar-se-á sempre daquela forma. Não podemos ver nada que seja valioso, que vamos logo tentar cobiçar, nem que para isso tenhamos de matar, aniquilar ou extinguir outra espécie terrestre ou não terrestre. A raça Humana tem o poder de conseguir construir com uma mão e destruir com a outra. 
   Escravisámos outras raças; levámos à extinção de espécies animais e vegetais; inventamos pretextos para invadir outros países e destruir tudo em nome do combate ao terrorismo; consumimos os nossos recursos naturais sem qualquer moderação (florestas, petróleo, carvão, etc.); permitimos que os ditadores imperem e sejam eleitos, fazendo as maiores atrocidades enquanto estão no poder;  enfim....a lista seria interminável.
  
E o que é que pode ser feito para resolver este problema?
Matar a raça Humana toda e ficarem apenas os animais irracionais e as plantas.
(Ilustração: Kenn Brown)

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Irrita-me Profundamente...A Série Morangos com Açucar


  
   Irrita-me Profundamente a série Morangos com Açucar. Existem muitas séries na TV que me irritam profundamente, e os Morangos com Açucar é uma delas. Nesta série fútil e que nada ensina de útil aos adolescentes, tudo é pensado ao ínfimo pormenor. Desde roupa, maquilhagem, acessórios de roupa, decorações de casas, escolas perfeitas, professores perfeitos, alunos perfeitos, amores perfeitos e até os que fazem de maus da fita são perfeitos. Enfim, transmitem aos adolescentes o culto pelo belo, pela ostentação e pela futilidade, o que faz com que sintam necessidade de ter aquelas roupas, acessórios de roupa, gadgets electrónicos e etc.  para se sentirem integrados num qualquer meio escolar. Pior ainda são os pais que alimentam este estereótipo e muitos deles sem posses financeiras para tal, fazendo um esforço orçamental que ultrapassa aquilo que realmente podem dar e tudo em nome da integração do adolescente no seu núcleo de amigos/colegas.
   Como se não bastasse as coisas que já mencionei, todos os intervenientes nesta série são uma éspecie de pseudo-actores-que-se-acham-bons-actores-e-que-pensam-que-podem-deixar-os-estudos-para-trás-porque-é-cool-fazer-morangos-com-açucar. No final de contas, a culpa não é destes acéfalos, mas sim dos pais deles que acham que os meninos devem ser famosos.
   Para ajudar a tornar esta série o Top of the Shit, quase todos os anos lançam para o mercado grandes nomes de merda musical, e são eles:
  
   Como se não nos chegasse os pseudo-actores-que-se-acham-bons-actores-e-que-pensam-que-podem-deixar-os-estudos-para-trás-porque-é-cool-fazer-morangos-com-açucar ainda aparecem os pseudo-actores-que-se-acham-bons-actores-e-que-pensam-que-podem-deixar-os-estudos-para-trás-porque-é-cool-fazer-morangos-com-açucar-e-gostam-de-cantar-nas-horas-vagas. Enfim, quando se pensa que nada de pior pode acontecer, os Morangos com Açucar, conseguem supreender-nos.
   No meu tempo de adolescente, havia um série, e sim, essa era uma série para adolescentes muito bem feita. "Riscos".
 

   Foi uma grande série e que abordava  temas realmente interessantes para os adolescentes. Nos Morangos com Açucar, passam o tempo a pensar em festas, roupas, engates e outras merdas, sem abordar com seriedade temas que realmente afectam os adolescentes.
   Os Gato Fedorento fizerem um sketch que realmente faz uma caricatura do que realmente os Morangos com Açucar são:

´


Cumps.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Irrita-me Profundamente...Dores de Dentes


   Irrita-me Profundamente Dores de Dentes. De há uns tempos para cá, tinho vindo a ser assolado por  algumas dores de dentes e por muitas idas ao dentista. Parece um ciclo vicioso. Dores de dentes origina ida ao dentista e ida ao dentista origina dores de dentes. Raramente ou nunca tinha dores de dentes antes de começar a ir ao dentista, mas diga-se de passagem, que os meus dentes são um pouco bipolares, hoje estão muito bem....amanhã parece que vai cair o mundo!! O que me safa é o meu amigo Nolotil, milagroso e potente analgésico!
   Há dias que só me apetece arrancar os dentes todos e meter Pivots...assim já não tinha cáries nem dores de dentes!


   Uma das coisas que me Irrita Profundamente nas idas ao dentista, é a anestesia. Fico nervoso quando essa parte se aproxima e recentemente levei uma anestesia na gengiva, bem lá no fundo, junto à raiz de um dente. Escusado será dizer que até vi estrelas!! Fogo, um dor indescritível!
   Este dentista que tenho ido ultimamente, as anestesias dele têm um pouco de adrenalina para ajudar a fazer efeito mais rapidamente. E só soube disso depois de me terem dado a mesma. Ora, eu recebo a anestesia e começa o meu coração a bater como se quisesse sair do meu peito, ao ponto de a cadeira do dentista abanar por todo o lado...é uma sensação muito estranha. Foi então depois que ele me explicou que tinha adrenalina!


   Depois da anestesia começar a fazer efeito, vai então começar o massacre. O Sr. Dr. pede para abrir a boca como se estivessemos a fazer um fellatio a um Sr. Moçambicano. Quase deslocamos o maxilar para pudermos ter a boca aberta como o Sr. Dr. quer e como se isso não bastasse, ainda temos a assistente do Sr. Dr. com o aspirador de saliva que adoram provocar o vómito quando aspiram lá bem no fundo.
   Durante o massacre começa um rodopio de entra e sai objectos estranhos na boca e que fazem barulhos irritantes. Entra, sai, aspira, compressa, broca, aspira, bochechar, algodão, etc. etc....
   Existem duas questões que me deixam um pouco enjoado, mas que têm de ser feitas. Para onde vai a saliva aspirada e quem muda o reservatório? Deve ser uma coisa bem nojenta de se ver. Um depósito cheio de saliva de várias pessoas e com sangue à mistura.

 

   Enfim...depois do massacre e da aspiração da saliva, vem a parte que todos os dentistas deve adorar e rirem-se por dentro, das nossas figuras. "Pode bochechar." Esta frase, dita pelos dentistas no fim do massacre, vem acrescentar um momento cómico a tudo isto, pois eles sabem que bochechar e boca anestesiada é a combinação de algo que não combina. Como se bochechar com a boca anestesiada fosse fácil, cuspir é quase uma tarefa impossível. Fico sempre todo babado...
   O lado bom do dentista é que podemos comer gelados à-vontade para ajudar a não inchar e para passar a anestesia mais rapidamente. Acho que este miúdo não comeu gelados depois do dentista, senão a anestesia teria passado mais rapidamente:



Cumps

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Irrita-me Profundamente...Filas de Automóveis



   Irrita-me Profundamente filas de automóveis. Desde que comecei a conduzir em Lisboa, devo dizer que adoro, passei a deparar-me com um problema, que até então raramente ou nunca me tinha assolado o espírito. FILAS DE AUTOMÓVEIS! Por tudo e por nada existem filas de automóveis. Começo logo a transpirar e a pensar: C@R$LH%! Para onde vou conseguir fugir agora??
   Na minha cabeça começam a entrar caminhos alternativos, atalhos, infracções à lei do código da estrada, tudo o que me permita fugir das FILAS DE AUTOMÓVEIS!
   Se as filas ainda fossem ocasionadas por motivos plausíveis, eu até compreendia:
                                      
   Este cartaz da Helena Coelho está em grande à entrada de Lisboa no início da 2ª circular, ora compreende-se perfeitamente que o trânsito à entrada de Lisboa esteja sempre lento! Com um cartaz destes até eu ajudo a contribuir para o trânsito lento.




   Agora se há coisa que não admito é filas sem propósito algum. Especialmente as filas inversas. Sim as filas inversas são aquelas filas que acontecem no sentido inverso ao sentido do acidente, isto é, acontece-me diversas vezes deparar-me com filas por causa de acidentes que aconteceram na faixa de rodagem contrária. Pois é meus amigos...filas inversas são do pior que há! O tuga gosta muito de ver acidentes, nem que seja uma ida ao cu do condutor da frente. Após se passar pelo acidente da faixa contrária, toda a fila que até então se mexia a passo de caracol, desaparece como por magia! TUGAS!
   O tipo de acidente mais frequente em Lisboa e mais ocasionador de filas é a enrabadela no condutor da frente. Se o motivo para se enrabar o carro da frente for o já anteriormente falado, por distracção:


   Até se compreende, agora se motivos justificáveis, não forem os realmente plausíveis, então não há desculpa para as várias enrabadelas que se vê diariamente no trânsito, causando inúmeras filas. Acho que até devia ser proposto um sinal de trânsito novo para proibir as enrabadelas e assim diminuir as malfadadas filas que tanto me Irritam Profundamente.



Cumps

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Irrita-me Profundamente...Beatas de Cigarros


   Irrita-me Profundamente as beatas dos cigarros. Melhor, Irrita-me Profundamente fumadores que atiram deliberadamente beatas de cigarros para o chão como se fosse um acto perfeitamente normal e aceitável. Sou não fumador convicto e nem sequer alguma vez dei uma "passa", por isso não consigo perceber porque é que os fumadores gostam daquilo, mas respeito as pessoas fumam. Agora acho que os fumadores deveriam, também, respeitar os outros e não deviam atirar as beatas para o chão. Nas ruas, nas praias, em todo o lado que se vá, há sempre, pelo menos uma, beata no chão. Em termos ambientais, uma beata no chão demora dois anos a degradar-se. Não custa nada, apagar o cigarro e meter a beata no lixo.
  Para além da poluição, outro perigo de atirar as beatas para o chão, depara-se com aqueles fumadores que atiram beatas pela janela do carro enquanto conduzem. Inúmeros fogos são ocasionados por condutores/fumadores inconscientes.
   De nada servem as frases típicas escritas nos maços de tabaco, porque mesmo assim os fumadores continuam a fumar;
   De nada servem os aumentos de preço e a crise em que estamos, porque mesmo assim os fumadores preferem privarem-se de outras coisas a se privarem do tabaco;
   De nada servem os avisos de que o tabaco causa impotência (nos homens), pode causar o cancro da boca, laringe, faringe, estômago, pulmões, etc.;
   De nada servem os avisos que indicam que fumar envelhece a pele, isto para as mulheres que usam quilos de produtos para ter a pele lisa, mas depois fumam como chaminés;
   De nada servem as probibições de fumar em recintos fechados, se as entradas desses mesmos recintos passam a ser "zonas de chuto";
   De nada serviria, encherem-se as cidades com milhares de cinzeiros para colocar beatas, porque estes acabaríam por não ser utilizados e as beatas continuariam a ser atiradas para o chão.
  

    Vou propôr este novo slogan para os maços de tabaco. Não tem qualquer mensagem civíca ou a apelar à consciência de alguém, mas pelo menos desperta um sorriso, e ao despertar um sorriso a pessoa fique mais relaxada e depois já não precise de fumar o cigarro que pegou nesse momento. :)
   Há outra coisa que detesto, fumo de tabaco, Irrita-me Profundamente, especialmente quando fumam para cima de mim. Ora eu adoro comer, e também não ando a cagar em cima dos outros. Por isso respeitem os não fumadores senão passo a cagar em cima de quem fuma!




Cumps

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Irrita-me Profundamente...Lojas de Roupa de Senhora


   Irrita-me Profundamente Lojas de Roupa de Senhora. O que vos falar a seguir, deixa qualquer namorado/marido que vá às compras com a respectiva namorada/esposa num perfeito estado catatónico. As lojas de roupa de senhora são o inferno, na terra, para os homens. Não há sítio que os homens mais detestem ir do que a lojas de roupa de senhora, eu não sou excepção!

   Para começar, assim que se entra numa loja de roupa de senhora, parece que somos transportados para uma dimensão diferente, para a Twilight Zone, tudo parece irreal.


   As mulheres quando vão a uma loja de roupa ficam possuídas por uma intidade desconhecida que as faz ter comportamentos dignos de exorcismo!


Primeiro: As lojas de roupa de senhora não são como as lojas de roupa de homem, visto que as lojas de roupa de homem estão organizadas em prateleiras, cabides, mesas, espositores, etc., enquanto que as lojas de roupa de senhora estão organizadas por pilhas de roupa amontoada. Amontoados de calças de ganga, amontoados de cuecas, amontoados de t-shirts, amontoados de sapatos, amontoados de tudo o que possa ser vendido em lojas de roupa de senhora;

Segundo: Mexem e remexem os amontoados de roupa à procura de um tamanho/preço que não existe e escolhem sempre um tamanho que elas queriam que lhes servisse;

Terceiro: Existem lojas de senhora que parecem verdadeiras discotecas. A música das lojas de roupa, é especialmente concebida para que as mulheres se sintam livres e com energia para o mexe e remexe que se segue após a entrada na loja, leva-as a comprar artigos que não precisam. Estava a brincar...as mulheres adoram comprar coisas que não precisam e não precisam de motivos alguns para o fazer.

E os homens é que são complicados?

É por isso que
ADORO SER HOMEM!

Cumps.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Irrita-me Profundamente...Alienadores Paternais

 

   Irrita-me Profundamente Alienadores Paternais. Este tema toca-me de forma muito pessoal, visto que a mãe da minha filha tentou e tenta que a minha filha deixe de gostar de mim. Mas a minha perseverança e amor pela minha filha fez com que eu passasse por momentos que nunca esquecerei.


   Tirei um excerto de um texto publicado num site, denominado Pais para Sempre e que passo a citar:

"O Síndrome de Alienação Parental foi pela primeira vez identificado pelo psiquiatra norte-americano Richard Gardner (1985), no qual se identificam comportamentos por parte de um pai / mãe em manipular o seu filho com a intenção de predispô-lo contra o outro progenitor, cada vez mais frequente depois de um divórcio ou separação e mesmo em famílias não separadas.Este Síndrome é característico em crianças que estejam envolvidos no processo de divórcio/separação, visto que é provocada pelo progenitor responsável pela alienação, mediante uma mensagem e uma programação, constituindo o que normalmente se denomina lavagem cerebral. As crianças que sofrem desta Síndrome, desenvolvem um ódio patológico e injustificado contra o pai ou mãe alienado, e tem consequências devastadoras para o desenvolvimento físico e psicológico destes. Consequentemente a Síndrome afecta também a familiares do progenitor alienado, como avós, tios, primos, etc. Outras vezes, sem chegar a sentir ódio, a SAP provoca nos filhos uma deterioração da imagem do progenitor alienado, resultando em valores sentimentais e sociais menores do que aqueles que qualquer criança tem e necessita: o filho(a) não se sente orgulhoso de sua mãe ou pai como as demais crianças. Esta forma mais subtil, que se valerá da omissão e negação de tudo o que se refere à pessoa alienada, não produzirá danos físicos nos menores, mas sim no seu desenvolvimento social e psicológico a longo prazo, em particular na idade adulta exercerem o papel de pai ou mãe."
In http://pais-para-sempre.blogspot.com Publicada por Mikasmokas em sexta-feira, 24 de Julho de 2009

   Quem passa por esta situação quer seja homem ou mulher, vê na justiça como um meio de conseguir resolver um problema causado pelo progenitor oposto. Até se chegar realmente aos tribunais somos de tal forma ingénuos, pelo menos falo por mim, que pensamos, "Daqui para frente, como ficou escrito em tribunal, tudo vai ser normal". Pois não é bem assim. Alienador um vez, alianador para sempre. É quase uma droga para quem aliena. Com que objectivo? O amor incondicional do filho(a) em "disputa".
   Irrita-me Profundamente uma mãe que diz que ama a filha, fazer o que faz para que a filha deixe de gostar do pai; Irrita-me Profundamente que a felicidade de uma mãe reside no quão mal e deprimido um pai fica aquando de uma regular visita e Irrita-me Profundamente que a Justiça assista a isto tudo e mesmo assim continue a dar guarda a mães que não são equilibradas mentalmente e facilmente deturpam, inventam e enganam qualquer Juiz(a).
   Já passaram quase 4 anos desde a minha separação com a mãe da minha filha, mas desde essa altura e após duas idas a tribunal, tudo continua como se da primeira vez se tratasse. A minha sorte é que a mãe da minha filha está a ficar cada vez menos imaginativa, mas a sua licenciatura em psicologia (sim é psicóloga) ainda lhe dá muitos trunfos para me puder continuar a alienar sempre que puder.
   A minha filha gosta de mim. Eu sinto-o. Mas sei que é um gostar circunstancial, isto é, face à distância que estamos (340 km), quando faço visitas de 15 em 15 dias, ela adora estar comigo, mas adora-me no mundo dela, porque para conseguir trazê-la é difícil e quando realmente vem comigo fica muito insegura, com medo que eu não a leve de volta para a mãe que tanto a domina psicologicamente.
   A designação de Super Pai parece um pouco presunção da minha parte, mas quando eu fazia, aproximandamente, 700 km (ida e volta) para estar com a minha filha e ela assim que me via começava num pranto como se eu tivesse sido o pior pai do mundo, quando lhe tocava na mão e ela evitava o contacto, quando tinha de fazer visitas em que eu apenas assistia à mãe e à minha filha a brincarem porque a minha filha não queria ficar comigo sozinho e depois de estar nesta situação durante 1 hora, despedia-me voltava para trás, isto durante, aproximandamente, 5 meses.
Sim posso considerar-me Super Pai.

   Tenho uma grande fé, em mim, que tudo, um dia, vai ser diferente.

Cumps

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Irrita-me Profundamente...Merda de Cão



   Irrita-me Profundamente merda de cão na rua. Não há coisa pior do que andar pelas ruas de qualquer cidade Portuguesa e ter de andar a desviar-me dos vários cagalhões, como se estivesse a participar numa pista de obstáculos mal cheirosa. Para os mais optimistas, podemos ver sempre o lado bom dos cagalhões na rua... já diziam os antigos: "Pisar merda é sinal de dinheiro!". Ora se isto fosse verdade, eu teria ganho o célebre programa da RTP1 "Um contra todos". Pois no dia em que foi aos estúdios da RTP para gravar o dito programa, à porta da RTP, pisei um belo de um cagalhão que até patinei em cima dele! Quase fazia um 360 no ar!
   Pensei para comigo: "Bem, já tens o concurso no papo! Hoje levas o prémio máximo!"
   Mas parece que os antigos não estavam certos... vim sem dinheiro e com os sapatos a precisar de uma limpeza numa estação de serviço para limpeza de automóveis.
  
   Por mais avisos que se coloquem, as Madames que levam os Lulus a passear à rua não estão para colocar as suas delicadas mãozinhas dentro de um saco plástico, apanhar o dito cagalhão, dar um nó no saco e colocar o saco no lixo.
  
   Mais depressa um cão aprende a recolher os seus próprios dejectos que as Madames a meter a mão num saco e apanhar o dejecto do animal.

Cumps